23 de janeiro de 2013

Um sentido diferente para a vida

Estou viva?
Posso respirar
Posso sentir
Posso saborear
Mas o ar não enche meus pulmões
Todas as texturas são ásperas
E os sabores, sem graça
Estou viva?
Posso ver
Posso ouvir
Posso perceber
Mas o mundo é preto e branco
As vozes soam metálicas e fracas
O que percebo é confuso e fora do lugar
Quando você está comigo
O ar se precipita em meu ser
Me enche de luz
E felicidade
Sinto-me viva!
O mundo é cheio de cores e sons
Os sabores seduzem meu paladar
Tudo é macio e fragrante
Percebo o calor de sua presença
Sei quem eu sou e o que quero
Eu quero você!